No 5º e último capítulo da série especial sobre o barco-escola Samaúma, você vai ver a dedicação dos docentes que trabalham na unidade móvel fluvial do SENAI.

Para oferecer cursos para a população ribeirinha da Amazônia, eles viajam por 10 meses ao ano, ficando longe de suas casas e famílias para levar conhecimento.