A startup Altave, de São José dos Campos, desenvolveu balões estáticos para monitoramento e segurança e derrotou gigantes multinacionais em licitação internacional para os Jogos Rio 2016.